Início Notícia Secretaria amplia vacinação contra meningite C

Secretaria amplia vacinação contra meningite C

0
87
Vacina da meningite C

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) ampliou o público-alvo para a vacinação contra a meningite C. A partir de agora, pessoas com 16 anos ou mais, ainda não vacinadas contra a doença, podem procurar as Unidades Básicas de Saúde. A campanha prossegue até o dia 30/4.

A recomendação é que os municípios com disponibilidade de doses da vacina meningogócica C atendam ao público ampliado, além da vacinação de rotina que segue normalmente, como destaca a coordenadora do Programa de Imunizações da SES-MG, Josianne Gusmão. “O objetivo da ampliação é oportunizar a vacina meningocócica C que é a principal forma de prevenção da doença meningocócica. Os municípios poderão atender o público ampliado, desde que não cause impacto na vacinação das crianças e adolescentes”, explica a coordenadora.

O Calendário Nacional de Vacinação já disponibiliza regularmente a vacina para crianças aos 3 (três) e aos 5 (cinco) meses de idade, e mais uma dose de reforço aos 12 meses de idade. A vacina é gratuita e oferecida em unidades básicas de saúde de todo o estado.

Ampliações

Desde novembro de 2022, a SES MG vem ampliando o grupo para a vacinação contra meningite C. Na época, a ampliação contemplou a imunização seletiva da população não vacinada de 16 a 30 anos de idade; dos trabalhadores de saúde não vacinados de 16 anos ou mais de idade; dos trabalhadores da educação do ensino superior e técnico com 16 anos ou mais, não vacinados e com avaliação do cartão de vacina; e da população não vacinada, com avaliação do cartão de vacina, de estudantes universitários.

Em março deste ano aconteceu a segunda ampliação, que incluiu todos os trabalhadores da educação. E, agora, na terceira ampliação, passam a ser incluídas todas as pessoas não vacinadas com 16 anos ou mais.

A doença

A meningite meningocócica é uma infecção das membranas que recobrem o cérebro. Certamente está entre as doenças imunopreveníveis mais temidas pela população. Ela é causada pela bactéria Neisseria meningitidis (meningococo) e é mais grave quando atinge a corrente sanguínea, provocando meningococcemia — infecção generalizada.

A coordenadora, Josianne Gusmão, reforça a importância da vacinação para evitar casos graves e óbitos em decorrência da doença: “As vacinas são seguras e eficazes. Mais de 95% dos vacinados ficam protegidos”, explica Josianne.

A vacina

A vacina meningocócica C foi introduzida na campanha de vacinação do estado de Minas Gerais em 2009. Um ano depois, o governo brasileiro a incluiu no Programa Nacional de Imunizações (PNI). Desde então, a Fundação Ezequiel Dias (Funed), por meio de uma Aliança Estratégica com a GSK para transferência de tecnologia do processo produtivo, vem sendo a fornecedora exclusiva do imunizante na rede pública do país. Ao longo dos anos, a Fundação entregou mais de 120 milhões de doses. A Funed é um instituto vinculado à SES-MG.

Ações Gamov

Além de orientar os municípios mineiros a ampliarem o público a ser vacinado contra a meningite C, outra ação em curso realizada pela SES-MG é reforçar a atuação do Grupo de Análise e Monitoramento da Vacinação (Gamov). Em conjunto com a Coordenação Estadual do Programa de Imunizações, o grupo realiza ampla divulgação para as Unidades Regionais de Saúde e municípios, propondo ações integradas (especialmente no ambiente escolar) para administração do maior número de doses no público-alvo.

Fazem parte dos Gamov Regionais gestores municipais que, de forma conjunta com as referências técnicas de imunização, vigilância em saúde, atenção primária e comunicação social, definem estratégias de busca ativa, vacinação extramuros (fora da sala de vacina) e campanhas em seus territórios.

No caso da meningocócica C, é estimulada principalmente a estratégia de vacinação nos locais de trabalho de grupos específicos, como profissionais da educação e de saúde, facilitando o acesso ao imunobiológico.

Mais informações sobre a vacinação, causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção da meningite estão disponíveis no site www.saude.mg.gov.br/meningite 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui