sexta-feira, junho 14, 2024
spot_img
InícioCOVID-19Medicamento para Covid-19 já está disponível em Belo Horizonte

Medicamento para Covid-19 já está disponível em Belo Horizonte

O Paxlovid, medicamento para o tratamento contra a covid-19 fabricado pela empresa Pfizer, já está disponível na rede do SUS em Belo Horizonte. O remédio foi adquirido e repassado ao município pelo Ministério da Saúde. Em novembro de 2022, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a venda do medicamento em farmácias do país. 

De segunda à sexta-feira, o paciente ou o responsável que estiver com a prescrição médica (receita) indicando o tratamento com o Paxlovid, pode solicitar o medicamento em um dos 152 Centros de Saúde da capital. Nos finais de semana e feriados, o paciente ou responsável por ele deve comparecer à URS Sagrada Família, localizada na rua Joaquim Felício, 101, Sagrada Família, de 8h às 12h ou de 13h às 17h.

O Paxlovid deve ser utilizado somente por adultos acima de 65 anos ou pessoas maiores de 18 anos imunossuprimidas. O remédio é indicado para o tratamento da covid de pessoas que não requerem oxigênio suplementar (quadros leves a moderados) e que apresentam risco aumentado de progressão para covid grave.

São definidos como casos leves a moderados de covid-19 os indivíduos com quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos e com confirmação laboratorial para covid-19. É obrigatório que não exista indicação de oxigenoterapia suplementar. O tratamento deve ser iniciado até cinco dias a partir do surgimento dos sintomas.

O Paxlovid é um coquetel formado por dois medicamentos antivirais: o nirmatrelvir e o ritonavir, que quando combinados bloqueiam uma enzima que o vírus da covid-19 precisa para se replicar no corpo.

Para solicitar o Paxlovid, são necessários os seguintes documentos: receita médica em duas vias, com a indicação correta; formulário de prescrição completamente preenchido pelo médico; exame confirmatório para covid-19, laudo assinado por profissional de nível superior ou resultado (PCR detectável ou TRAG reagente); documento de identidade do paciente e do responsável pela retirada do medicamento.

Mais informações sobre a dispensação do Paxlovid estão disponíveis para consulta on-line da Prefeitura de Belo Horizonte.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos