quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
InícioCOVID-19Clínica de BH oferece atendimento nutricional para pacientes com Covid

Clínica de BH oferece atendimento nutricional para pacientes com Covid

Quem testou positivo para a Covid-19 pode enfrentar entre tantos outros sintomas, a falta de apetite ou a perda do paladar. Pensando nisso, a Una Cidade Universitária Guajajaras criou um grupo de ajuda para dar dicas e orientações nutricionais especificamente para pessoas que estão infectadas pela Covid-19 em isolamento domiciliar ou que acabaram de ter alta hospitalar. Todas as quintas-feiras, às 20h, alunos e professores do curso de Nutrição estarão disponíveis para uma videoconferência, gratuita, e totalmente online.

 

Segundo a nutricionista Júnea Regina Pires Drews, da Clínica Integrada de Saúde da Una Guajajaras, mais do que nunca, uma alimentação saudável, com horários regulares, é fundamental para garantir a ingestão adequada de nutrientes essenciais para a recuperação do organismo. “Uma alimentação individualizada e equilibrada, auxilia no aporte de nutrientes que vão ajudar a fortalecer o sistema imunológico e, também, combater às infecções”, diz.

 

Para o sistema imunológico funcionar bem é necessário ingerir uma combinação de nutrientes – carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais – presentes naturalmente nos alimentos. “Pacientes em recuperação da Covid-19 precisam aumentar o consumo de energia e proteínas. No entanto, todos os grupos de alimentos são importantes e devem fazer parte da sua alimentação. Mas, isso não quer dizer uma dieta restritiva que corte carboidratos sem necessidade e nem dietas com aporte exagerado de proteínas”, alerta.

 

Cada pessoa possui uma necessidade específica para ingestão de calorias e nutrientes. Alguns fatores alteram essa necessidade como idade, presença de outras doenças, exames laboratoriais e atividade física, por exemplo. Para a definição das porções dos alimentos que devem ser consumidos, deve-se seguir um plano alimentar, pois ele contém orientações nutricionais elaboradas de forma individual.

 

De uma forma geral, para uma alimentação mais saudável, recomenda-se seguir as orientações do Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde. De acordo com ele, deve-se priorizar alimentos in natura, como arroz, feijão, ovos, carnes em geral, frutas, legumes e verduras. Devemos limitar o consumo de alimentos processados e evitar os ultra processados (industrializados), devido aos prejuízos que causam a nossa saúde e à recuperação de um quadro de Covid-19.

 

A nutricionista também alerta para a importância de evitar o consumo de preparações simples, pobres em nutrientes, como chás, gelatinas, sopas e caldos ralos porque atrasam a recuperação. “Se a pessoa estiver com pouco apetite e consumir somente esses tipos de preparações, a chance de perder mais peso será maior”, explica.

 

Quanto à redução do olfato e do paladar, “se tiver a sensação de gosto metálico ao se alimentar, substitua os talheres de metal por talheres de plástico. Também, o uso de temperos naturais no preparo das refeições pode ajudar a realçar o sabor dos alimentos e auxiliar no estímulo nesses sentidos. Aumente a quantidade de alho, cebola, orégano, salsinha, cebolinha e pimenta, dentre outros, ao temperar os alimentos, pois além de nutrientes também têm essa mesma função de estímulo sensorial”, ensina.

 

Quanto ao cansaço e falta de ar, pode-se, por exemplo, modificar a consistência das preparações para facilitar a mastigação. Alimentos na consistência mais pastosa ou semilíquida, tipo “papinha” diminuem o esforço ao mastigar.

 

A recuperação do covid-19 deve ser encarada como recuperação funcional, pois a perda de massa muscular e consequentemente, da força muscular surge como uma das principais consequências de pacientes que estiveram internados por longos períodos e em UTI.

 

Para pessoas em isolamento, é recomendada a prática de exercícios leves, dieta com horários padronizados, pobre em açúcares e rica fontes de ômega 3.

 

A telemedicina e a nutrição domiciliar foram consideradas pilares da recuperação de pacientes acometidos por Covid-19. O uso destas ferramentas foi recomendado no atendimento nutricional, por serem ferramentas seguras e eficazes para viabilizar o acesso a orientações de saúde e também para limitar a exposição e disseminação do vírus.

 

COVID-19 ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL
Data e hora: toda quinta-feira 20h às 21h
A partir do dia 20/05/21
Inscrições no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfJuMj0L_FkrxcELJ3o0DwCl-f05XHiwTl3GY2equrUM27Z_w/viewform

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos