segunda-feira, março 4, 2024
spot_img
InícioCOVID-19Cuidados com a Covid-19 durante tratamento de reprodução assistida

Cuidados com a Covid-19 durante tratamento de reprodução assistida

A crise do coronavírus está gerando estresse na população. A constatação é da Organização Mundial da Saúde (OMS), e não é difícil ver isso na nossa vida. Para quem está no caminho de um tratamento de Reprodução Assistida é possível que seja ainda mais penoso: ser invadido por essa pandemia, COVID-19, coloca os pacientes frente a uma trama que pode causar a sensação de ameaça dos planos tão desejados.

Fazer um adiamento no tratamento ou pensar nele como fator de risco pode ser devastador para algumas pessoas. Sintomas de medo, tristeza e ansiedade estão sujeitos a causar uma pressão psíquica e trazer questionamentos angustiantes que não contribuem para um tratamento tranquilo do ponto de vista psíquico.

 

Em meio a esse turbilhão de emoções e diante de um cenário tão cruel de um adoecimento mundial e com tantos efeitos, seria possível tornar as medidas do isolamento social mais leves e com menos efeitos drásticos aos pacientes já tão marcados?

De acordo com a psicóloga da Clínica Origen, Laudiane Cruz, a resposta é sim. Antes de tudo, é preciso se autocuidar e buscar ajuda médica, se necessário. Aqui ela traz cinco dicas importantes. Confira:

Use a internet a seu favor
A internet é uma das maiores aliadas nesses dias de quarentena. Aproveite para estreitar laços afetivos e diminuir a angústia e o medo da solidão que o isolamento social pode causar. Chamadas de vídeos, compartilhamento de fotos, diálogos na troca dessa vivência são fundamentais para enfrentar o vazio frente ao outro. Mas não use o tempo todo para não tornar um isolamento social dentro de outro isolamento.
Acompanhe as notícias, mas não todas
É importante acompanhar e saber as reais causas, divergências políticas e orientações de cuidados dos órgãos competentes, mas o excesso tem o risco de deixar a pessoa em pânico e até paralisada. Cuidado com as fake news que atrapalham muito na veracidade dos fatos e só contribuem para o desencadeamento de sentimentos negativos.
Organizar é importante
A pausa na rotina e nas diversas organizações que cada sujeito construiu ao longo do tempo causa sempre um estranhamento, mas pode ser também um período produtivo na vida pessoal ou profissional. Tem sempre uma gaveta para ser arrumada, livros a serem lidos, filmes a serem assistidos. Treine pratos de culinária, separe algo para doação. Organizar e reorganizar contribui para que a pessoa traga um novo sentido para esse caos e para tantos efeitos à saúde psíquica.
Use a sua criatividade
Use a criatividade para se arriscar e fazer coisas novas. Seja produzindo um artesanato e outras coisas manuais, seja estimulando novas formas de se relacionar com quem está isolado com você. Retome brincadeiras, jogos de tabuleiro e tantos outros. Faça algo que possa trazer satisfação e fortalecer os laços familiares e que, naturalmente, traga fôlego para seguir na caminhada rumo à realização do desejo.

 

Busque orientação com seu médico
Nesse momento, a confiança no médico que acompanha o tratamento é fundamental. Importante também, se necessário, cuidados com a saúde psíquica e orientações médicas. Confie sempre em dados profissionais e nunca em informações lidas na internet.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos